domingo, 18 de novembro de 2012

Instituto Einstein de Ensino


Cursos de Pós-Graduação

https://lh5.googleusercontent.com/-DIMZZDY8dtQ/TrgRd56p_qI/AAAAAAAAD6M/CF9ETDYT8Gw/s750/incursos.png
Biomedicina Estética


http://anacarolinapuga.com.br/wp/wp-content/uploads/2011/10/co21.jpg
                                            















 foto (NEPUGA)

A Biomedicina Estética é uma possível e nova área na biomedicina que, sob a comprovação científica dos métodos e técnicas utilizados, desenvolve e aplica os tratamentos para as disfunções estéticas corporais, faciais e envelhecimento fisiológico relacionados à derme e seus anexos, tecido adiposo e metabolismo. A Biomedicina Estética cuida da saúde, bem-estar e beleza do paciente, levando os melhores recursos da saúde relacionados ao seu amplo conhecimento para o tratamento e recuperação dos tecidos e do organismo como um todo.
                                                        
Dúvidas frequentes


http://2.bp.blogspot.com/-L-8XruMopBw/TWbmBUAQ15I/AAAAAAAAAhY/gkHnnipXlVs/s1600/1282942272.jpg
                                                                                                                                                       















Foto( NEPUGA)

1. Pós-graduação em Biomedicina Estética?
R: Sim. O Nepuga em parceria com uma Universidade Pública-Privada de abrangência e notoriedade nacional e internacional estão lançando um excelente programa de pós-graduação em Biomedicina Estética para todos os biomédicos do Brasil que buscam por uma melhor inserção e competitividade no mercado.
 
 
2. O que é melhor? Habilitação provisória ou habilitação definitiva?
R: Ambas dão ao biomédico os mesmos direitos de atuar tranquilamente com todos os procedimentos reconhecidos pela Biomedicina Estética.
 
3. Qual tipo de habilitação em Biomedicina Estética eu devo escolher?
R: Depende da sua necessidade. 
 
Habilitação provisória: Se você busca por uma rápida inserção no mercado de trabalho, não pode deixar passar a oportunidade de começar a trabalhar imediatamente, tem a oportunidade de conquistar aquela vaga de emprego como biomédico esteta e responsável técnico, já tem uma clínica ou consultório para atender, ou já está decidido em abrir sua clínica de biomedicina estética, então você tem o perfil de seguir em frente fazendo os Cursos em Biomedicina Estética de aprimoramento prático-teórico. Esta também é uma opção permitida para os estudantes dos últimos períodos da faculdade de Biomedicina.
 
Mesmo porque depois, em posse de sua habilitação provisória, você pode obter sua habilitação definitiva prestando prova de título realizada pela ABBM. Quanto mais tempo de experiência e atuação você tiver, maior será a sua pontuação.
 
Habilitação definitiva: Se você não tem pressa para começar a trabalhar, e pode ficar cursando por mais de 1 ano e meio a 2 anos, o seu caminho é o de seguir em uma pós-graduação de biomedicina estética. Cursar a pós-graduação em biomedicina estética é só permitida para biomédicos formados.
 
Em ambos casos, recomendamos ter as duas modalidades: cursos livres e pós-gradução. A primeira aprimora a sua prática nos atendimentos, permitindo aptidão imediata para atuar com pacientes e para se inserir no mercado de trabalho. A pós-graduação lhe dá o título de especialista em biomedicina estética, lhe dá uma formação mais abrangente e torna-lhe um(a) profissional mais valorizado(a) pelos seus pacientes e sociedade.
 
http://anacarolinapuga.com.br/wp/wp-content/uploads/2011/10/LIP1.jpg 
                                                                                                              












                                     


 foto (NEPUGA)

3. A Biomedicina Estética é área de atuação do Biomédico habilitado?
R: Sim. Desde o dia 10/10/2010, dia da aprovação em Plenária da Biomedicina Estética, o biomédico já pode atuar com Estética se valendo de seu diploma. Para isso, tal biomédico deve estar devidamente capacitado para a realização de determinados procedimentos estéticos. O CFBM já reconhece a Biomedicina Estética como área de interesse e habilitação para os biomédicos. Isso significa que os CRBM's devem seguir as decisões e determinações do CFBM. Então, a atuação já pode ser como biomédico esteta devidamente reconhecido e autorizado pelo CFBM mediante cumprimento dos critérios necessários para obter habilitação em Biomedicina Estética. Assim como na acupuntura, quando antigamente inúmeros biomédicos exerciam tal função sem haver regulamentação, a área da biomedicina estética passou a ser realidade como uma grande possibilidade para os biomédicos que desejam atuar de forma terapêutica, fazendo uso e pleno exercício de seus conhecimentos e práticas basilares obtidos em curso de graduação em Biomedicina, bem como em cursos de aprimoramento profissional e pós-graduação em Biomedicina Estética. E que por sinal, a cada dia há mais biomédicos capacitados e qualificados para atuar em prol da saúde e bem-estar social.

4. Qual o pré-requisito para eu atuar na estética como Biomédico Esteta? Tecnólogo em Estética e Técnico em Estética?

R: Estar em dia com o registro e as mensalidades junto ao CRBM de sua região é obrigatório sempre que o profissional for atuar enquanto biomédico.
 
5. Qual é a vantagem de o Tecnólogo em Estética e Técnico em Estética estar associado aos CRBMs?
R: Ter um Conselho de Classe que reconhece e respeita sua profissão é a melhor maneira de lhe dar toda a cobertura de direitos e competências de atuação contra as outras classes da saúde que tentam impedir os seus direitos.
 
6. Ao montar meu consultório e/ou clínica de Biomedicina Estética, este deve estar regularizado junto ao CRBM?
R: Sim. O estabelecimento sob a Responsabilidade Técnica do Biomédico, mesmo sendo para fins estéticos, deve ter registro junto ao CRBM.
 
7. Como faço para me habilitar como Biomedico Esteta?
1ª Opção – Prova de título (somatório de pontuações nos quesitos abaixo)
  • Cursos práticos (40 horas) reconhecidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB):
Cursos livres em Biomedicina Estética e Saúde Estética ministrados por biomédicos habilitados e profissionais da saúde;
Work-shops de Congressos em Saúde Estética e Congressos da SBBME;
  •  Extensões universitárias presenciais e a distância em:
 Biomedicina Estética e Saúde Estética;
  • Tempo de experiência na área:
2ª Opção – Pós-graduação (360 horas) - reconhecidas pela CAPES do MEC
 
3ª Opção – Estágio supervisionado durante graduação (640 horas) - reconhecido pelo CFBM e IES
 
http://2.bp.blogspot.com/-RZn6WGnnUqM/UEZ70AL11rI/AAAAAAAACrE/JXCy90dIMkY/s1600/botox-fillers.jpeg 4ª Opção – Residência em Biomedicina - reconhecida pelo CFBM e SBBME
8.Como faço para me habilitar como Tecnólogo ou Técnico em Estética?
R: É preciso se filiar ao CRBM de sua região e cumprir com algumas exigências. Regularize-se...
 
9. Que cursos dão condições ao profissional da saúde formado em Biomedicina para atuar com procedimentos estéticos?
R: Serão reconhecidos os certificados de cursos de estética voltados para profissionais da área da saúde e que ensinem procedimentos estéticos que estão em acordo com o CFBM. Regularize-se...

10. O biomédico esteta e o esteticista, em seu exercício na estética, podem realizar avaliações, consultas e, conseqüentemente, diagnosticar disfunções estéticas?
R: Em nosso entendimento sim. Disfunção estética não é doença e o exercício de consulta e diagnóstico de fins estéticos são de praxe de todo o profissional da estética.

11. Porque a Biomedicina Estética foi reconhecida como uma nova habilitação para o biomédico?
R: Atuar terapeuticamente com os tratamentos estéticos dá ao biomédico uma melhor chance de inserção no mercado de trabalho que mais cresce na saúde, com melhores condições de remuneração e satisfação profissional. A grande saturação do mercado nas tradicionais habilitações já existentes é mais um motivo para os biomédicos descobrirem novas habilidades e expectativas. Temos plenas condições de atuar na estética de forma competitiva e diferenciada das demais classes da saúde. O reconhecimento do CFBM e dos CRBMs já existe! E, a SBBME estará dando toda assistência à classe, reivindicação atendida por inúmeros biomédicos que estão atuando e desejam atuar neste mercado de trabalho.
 
12. O biomédico com habilitação em Biomedicina Estética pode assumir responsabilidade técnica sem depender de outro profissional assinando por ele?
R: Sim, o profissional habilitado em Biomedicina Estética, o biomédico esteta, desde já não necessita de outro profissional assinando por ele, ou que assuma a supervisão/responsabilidade técnica, quando são exercidos procedimentos de fins estéticos invasivos não-cirúrgicos e com medicamentos não-controlados, pois estes tipos de intervenções estão em acordo com as regulamentações da Biomedicina. Todos os procedimentos afins são de total competência, domínio, autonomia e responsabilidade técnica ético-legal do profissional biomédico. Pois seus conhecimentos basilares, em sua maioria obtidos em graduação e por meio de procedimentos biomédicos similares já realizados combinados a educação continuada, são suficientes para abrir caminhos e prerrogativas para que o biomédico exerça as mais diversas variedades de procedimentos estéticos que o valorizam e o diferenciam no mercado de trabalho. A Biomedicina é uma das profissões mais versáteis na área da saúde e não há quaisquer impedimentos éticos-legais junto à atuação na estética. O que é preciso é combater o preconceito e corporativismo oriundos de outras classes da saúde.
 
13. Os esteticistas podem realizar drenagem linfática, operar equipamentos biotecnológicos e realizar todos os demais procedimentos estéticos faciais e corporais?
R: Sim, o Tecnólogo e Técnico em Estética podem realizar todos os procedimentos relacionados na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) das Esteticistas. A partir de 2012, com a orientação do SINDEST, os Conselhos de Biomedicina estarão divulgando as competências e funções cabíveis aos Tecnólogos e Técnicos em Estética. O intuito dessa medida é cristalizar o reconhecimento e a regularização das atividades profissionais dos Esteticistas perante à sociedade, Vigilância Sanitária e, evitar que as demais classes da saúde tomem o espaço de direito dos Esteticistas. Faça a busca neste link: http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/home.jsf
*Fonte: http://sindestsp.blogspot.com/
 
14. Os biomédicos estetas e os esteticistas trabalham de maneira independente ou em parceria?
R: Sim, pois a atuação dos biomédicos estetas e dos esteticistas possuem campos distintos, complementares e não-concorrentes, sendo que os biomédicos estetas continuarão atuando com procedimentos invasivos não-cirúrgicos, como a Toxina Botulínica, Intradermoterapia, Preenchimentos, Micro-agulhamento, Lasers e Biotecnologias de alta potência, Peelings Médios e entre outros, enquanto as esteticistas continuarão atuando com procedimentos corporais e faciais pelo uso de lasers frios, rádiofrequencia, peelings superficiais, ultra-sons e demais procedimentos manuais como a drenagem linfática, limpeza de pele, bambuterapia e pré/pós operatório.

Fonte: http://www.biomedicinaestetica.bmd.br/


Confira o site da Dra. Ana Carolina Puga :
http://www.anacarolina.bmd.br/index.php
http://4.bp.blogspot.com/-bGsr-wk11q0/TWU74OLdh4I/AAAAAAAAAII/aX_mVJYee4M/s1600/Dra.+Ana+Carolina+Puga.png